quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Risoto de salmão


Olá amigos, um feliz 2015 a todos!!!
O ano nem começou mas as surpresas já! No último final de semana, depois de um dia muito intenso, quando minha vontade era só me jogar no sofá e descansar percebi que a porta do congelador tinha ficado aberta e para minha "alegria" quase tudo havia descongelado... Pensa na felicidade da pessoa...
Mas não adiantava ficar lamentando... o que restou fazer foi arregaçar a mangas e trabalhar!
Não tinha ideia do que fazer com as coisas que haviam descongelado, mas tinha que pensar rápido... Nem estaria em casa no dia seguinte para deixar almoço pronto... então resolvi preparar o peixe e a carne para servirem de base em outras receitas. Para o peixe, pensei em assar e desfiar para utilizar em um risoto. Na verdade, eu já tinha vontade de fazer esse risoto fazia tempo, então no final das contas, não foi tão ruim assim ter o peixe descongelado, só me forçou a fazer mais cedo algo que eu já estava com vontade de fazer. 
O risoto é muito gostoso e leva pouquíssimos ingredientes. Outra vantagem é que pode ser feito para aproveitar as sobras de salmão assado ou cozido no papelote. A quantidade de peixe é pouca, mas o resultado é maravilhoso. Vale a pena!!!  
Façam a receita e depois me digam o que acharam!!! Vou ficando por aqui!!!
Beijos e até a próxima!!!


Risoto de salmão
(para 2 pessoas comilonas)

Ingredientes:
1 xícara (chá) de arroz arbóreo
1 xícara de vinho branco
1 cubo de caldo de legumes
1 cebolas pequena
1 xícara (chá) de salmão cozido e desfiado*
1 colher (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de cream cheese
50g de queijo parmesão ralado
Salsa picada
sal

Preparo:
Dissolva o cubo de caldo de legumes em 500 ml de água quente. Em uma panela refogue a cebola picada com a manteiga. Em seguida adicione o arroz e refogue. Adicione o vinho branco e mexa constantemente até que comece a secar. Antes de secar todo o vinho adicione 1 concha do caldo de legumes e e continue mexendo. Repita esse processo até que o arroz esteja quase cozido. Quando o arroz estiver quase cozido adicione o salmão desfiado e  continue mexendo. Quando o arroz já estiver no ponto adicione o cream cheese e a salsa picada e misture bem.Desligue o fogo e adicione o queijo ralado. Mexa bem e sirva em seguida.

*Observação:
1) A quantidade de salmão pode variar, se quiserem adicionar mais salmão que o sugerido na receita, isso fará com que o risoto tenha um sabor mais carregado de salmão. Eu prefiro colocar um pouco menos para dar um sabor importante de salmão mas que ainda mantenha a suavidade do risoto.

2) Se não tiver salmão assado que sobrou de outra receita, é só assar uma posta de salmão temperada com limão, sal e pimenta a gosto. Pode-se assar com a pele ou sem em uma forma untada com óleo em forno 180°C. 
Outra forma de assar é no papillote. Para isso coloque o peixe temperado com sal e pimenta em uma folha dupla de papel alumínio untada com óleo. Junte as pontas amassando bem e fechando até formar um pacotinho. Antes de fechar totalmente, adicione um pouquinho de vinho branco (50 ml) pois o peixe precisa de um pouquinho de líquido para formar vapor e ajudar no cozimento dentro do papillote. 

Para quem quiser mais informações sobre como assar no papillote, ou procura por uma boa receita para fazer um pouco a mais e ter sobra para essa receita, deixo o link de uma receita feita pela Rita Lobo e que ajuda a esclarecer o processo de assar no papillote.

http://gnt.globo.com/receitas/receitas/salmao-em-papillote-com-cuscuz-marroquino-e-salada-de-laranja.htm

domingo, 28 de dezembro de 2014

Torta de sorvete de avelãs e brigadeiro



Olá! Hoje trago mais uma receita gelada para as festas de final de ano!!! Sei que o natal já passou, mas ainda tem a virada do ano!!! E um docinho sempre vai bem!!! Para essa sobremesa eu fiz o sorvete, mas não precisa fazer, pode-se utilizar sorvete pronto e montar a torta. O processo de montagem é bem simples e também bem rapidinho de fazer. O que demora é o tempo no congelador, só isso!!! Se fizer com sorvete pronto é ainda mais simples.


Para a decoração utilizei apenas chocolate branco e preto ralado e algumas avelãs torradas. Muito simples e fácil, mas também muito gostoso! Minha filha amou e não pensava duas vezes toda vez que oferecíamos a torta.
...

Antes de me despedir, gostaria de desejar um ótimo final de ano a todos e que 2015 seja um ano muito melhor que 2014. A todos que têm acompanhado o blog a minha gratidão!!! E aos familiares e amigos do peito um abraço bem apertado!!! Que 2015 nos traga muitas alegrias, amor, saúde e o mais importante: a presença de Deus todos os dias!!! Isso é o que completa a minha vida!!!!
Grande beijo a todos e que venha 2015!!!!



TORTA DE SORVETE DE AVELÃS E BRIGADEIRO

Ingredientes:
Para o sorvete:
1 e 1/4 de litro de leite integral (5 xícaras)
3/4 de xícara (chá) de açúcar
100 g de avelã torrada
1 pitada de sal
2 colheres (sopa) de creme de leite fresco (ou nata, ou creme de leite de caixinha)
2 e 1/2 colher (sopa) de amido de milho
2 colheres (sopa) de licor de amêndoas ou de avelãs

Para o brigadeiro:
1 lata de leite condensado
1 caixinha de creme de leite UHT
100 g de chocolate amargo ou meio amargo
1 colher (sopa) de cacau em pó (pode usar chocolate em pó)
1 colher (sopa) de manteiga.

Preparo:
Sorvete:
Ferver 4 xícaras de leite com as avelãs. Depois de fervido levar ao liquidificador e bater bem (ainda quente). Faça esse processo aos poucos para evitar acidentes ou queimaduras. Depois de batido, se tiver tempo, deixe esse leite batido descansar até esfriar por completo e absorver bem o sabor das avelãs. Coe utilizando um pano de pratos bem limpinho. Ao torcer o pano de prato, aperte bem para retirar todo o líquido.
Em uma panela de fundo grosso leve o líquido obtido ao fogo juntamente com o açúcar. Mexa um pouco para dissolver bem o açúcar. Quando ferver, abaixe o fogo e adicione a maisena diluída no leite restante. Continue mexendo, em fogo médio, até que levante fervura novamente. Continue mexendo por mais dois minutos e desligue o fogo.
Adicione o creme de leite, a pitada de sal e o licor. Misture novamente e transfira o creme formado para uma tigela de vidro. Cubra com filme plástico diretamente sobre o creme e leve à geladeira por no mínimo 4 horas. Depois de gelado levar a sorveteira e seguir as instruções do fabricante.

Brigadeiro:
Sugiro fazer esse recheio no dia anterior para que ela possa descansar e tomar a consistência correta.
Em uma panela de fundo grosso, coloque o leite condensado e o creme de leite. Mexa bem até que misture completamente. Em seguida acrescente o cacau em pó peneirado e misture bem. Adicione a manteiga e o chocolate picado. Ligue o fogo e cozinhe mexendo sempre até que tenha consistência de mingau ralo. Como brigadeiro de copinho.
Depois de pronto, retire da panela e transfira para uma travessa de vidro e deixe esfriar. Só então leve à geladeira para esfriar bem e adquirir consistência.

Montagem:
antes de fazer a montagem, retire o brigadeiro da geladeira com 15 minutos de antecedência, ou mais, para que ele esteja mais macio e facilite na hora da montagem.
Fiz a montagem em uma forma de silicone e amei, pois desenforma com muita facilidade. O único cuidado é colocar uma forma por baixo para dar estabilidade e cuidar para que dentro do congelador a forma não encoste em nada para não deformar a torta. 
Se não tiver forma de silicone, utilize qualquer outra forma, mas antes de colocar o sorvete, forre a forma com plástico filme. 
Para a montagem, coloque uma camada de sorvete e sobre ele o brigadeiro. Repita a operação mais uma vez e cubra a última camada com o restante do sorvete. O processo tem que ser rápido para que o sorvete não derreta demais e perca sua cremosidade. Após a montagem cubra com filme plástico ou papel alumínio e leve ao congelador por pelo menos oito horas. Melhor ainda, se o tempo de congelador for de um dia para o outro.

Obsevações importantes:

1.Para montar a torta com o sorvete pronto deve-se retirar o sorvete do congelador e colocá-lo na geladeira por aproximadamente 15 - 20 minutos (tempo suficiente apenas para amolecer). Depois utilize o sorvete amolecido conforme a receita acima.
 2. Se quiser sentir os pedacinhos de avelã no sorvete feito de acordo com a receita acima, adicione 2 colheres (sopa) da avelã que foi moída e espremida ao leite antes de levá-lo novamente para aquecer e siga a receita conforme descrito acima.
3. A avelã moída e espremida e o que sobrar do brigadeiro podem ser utilizados nessa outra receita

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Frango com Requeijão do Sr. Julio



Olá! Antes que chegue definitivamente o natal, gostaria de compartilhar uma receita de família, feita pelo melhor pai do mundo, o Seu Julio, meu pai!!! Essa receita o meu pai já faz a muitos anos e é sucesso sempre!!! 
É um prato simples e muito saboroso. Perfeito para essa época onde temos tantas ocupações e coisas para fazer. É só montar a receita e levar ao forno, muito simples e prático!
Fica muito bom acompanhado de arroz com amêndoas e uma boa salada!!!
Bom, vamos lá que não temos tempo a perder!!!
Um grande abraço e até a próxima!!!



FRANGO COM REQUEIJÃO DO SR. JULIO

Ingredientes:
2 peitos de frango (aprox. 1 Kg)
1 copo de requeijão
Leite integral (o quanto baste, aprox. 1/2 litro)
Farinha de rosca (aprox. 4 colheres (sopa) rasas) 
100 g de queijo parmesão ralado
sal temperado*

Preparo:
Temperar o frango com sal temperado (1 colher (sopa) de sal para cada Kg de frango). Se tiver tempo, deixe o frango temperado na geladeira por pelo menos 1 hora para que absorva bem o tempero. 
Cortar o peito de frango em pedaços grandes (4 partes). Colocar em um refratário e sobre cada peito de frango faça uma camada generosa de requeijão. Encher o refratário com o leite até cobrir a carne. Polvilhar a farinha de rosca e o queijo ralado sobre o conteúdo do refratário.
Levar ao forno pré-aquecido, 200 °C, até dourar e o frango estar cozido. [faça o teste na carne com o auxílio de uma faca].
Sirva acompanhado de arroz de amêndoas, ou arroz comum e uma salada de sua preferência.





Obs:
1. Para fazer o sal temperado; Coloque no liquidificador o sal fino comum e temperos da sua preferência (orégano seco, tomilho, alecrim, sálvia, raspas de limão, ...) Bata tudo até que fique bem moído como uma farinha. Deixe a poeira de dentro do liquidificador baixar e então abra a tampa do mesmo. Utilize em seguida e o restante guarde em um vidro bem fechado.  
2. Se não quiser fazer o sal temperado, pode-se utilizar tempero pronto, ou mesmo sal temperado que se encontra facilmente no supermercado.