segunda-feira, 20 de abril de 2015

Abobrinha recheada - Uma delícia para o dia-a-dia


Olá!
Alguns dias atrás eu fiz essa abobrinha recheada, uma receita que faço com muita frequência aqui em casa. Todos gostamos muito desse prato e por isso ele têm presença freqüente em nossa mesa... Mas nessa última vez me perguntei: "afinal, por quê eu nunca havia compartilhado essa receita aqui no blog?"
Fiquei pensando que a razão para nunca ter compatilhado era por que cada vez  eu fazia a receita com alguma modificação, tanto de ingredientes como de temperos...  Mas de um tempo para cá tenho executado essa receita sempre da mesma forma, sempre com os mesmos ingredientes e agora posso dizer que tenho uma receita padrão. Acho que finalmente encontrei a combinação de ingredientes e temperos que mais me agradam!
Como essa receita é muito simples julguei que provavelmente não seria grande coisa para se compartilhar... mas é aí que eu estava enganada, pois ainda que seja simples e que provavelmente muitos já fazem e têm a sua receita favorita de abobrinha recheada, a combinação de ingredientes de cada um é diferente, o que resulta em pratos diferentes, ainda que sejam semelhantes em aparência...
Sempre que sento à mesa, esse prato me remete a um delicioso dia de verão... É um prato leve, refrescante que alegra meu coração!!! É o que eu poderia chamar de "Comfort Food" para mim....
Bom, já falei de mais... melhor do que falar é experimentar, e é isso que eu sugiro a vocês!!!
Beijos e até a próxima!


ABOBRINHA RECHEADA

Ingredientes:
3 abobrinhas de tamanho médio

500 g de carne moída
1 cebola pequena
1 dente de alho amassado
1/2 xícara (chá) azeitona verde sem caroço em rodelas (*opcional)
shoyo
cominho
canela em pó
cravo em pó
salsinha
azeite
sal

farofa temperada suave (comprada pronta)
queijo muçarela
queijo parmesão ralado na hora

Preparo:
Comece preparando a carne moída:
Em um panela quente adicione o azeite e a cebola. Refogue até que a cebola tenha murchado um pouco, em seguida adicione a carne moída e refogue, mexendo sempre. Adicione o alho amassado e continue refogando mais um pouco. Tempere com 1 ou 2 colheres de sopa de shoyo (de acordo com o seu gosto). Mexa um pouco até que esteja incorporado à carne. Em seguida adicione os demais temperos: o cominho, a canela em pó e o cravo em pó. Tenha cuidado com a quantidade pois esses temperos são fortes!
Corrija o sal e adicione um pouquinho de água (aprox. 1/2 xícara) para que a carne cozinhe mais um pouco e absorva bem os temperos. Neste momento pode-se adicionar a azeitona. Quando a carne estiver bem cozida e úmida, adicione a salsinha picada. Misture bem e desligue o fogo. Tampe a panela e reserve.

Em seguida, lave bem as abobrinhas e seque-as. Retire as extremidades e corte a abobrinha no sentido do comprimento. Com o auxílio de uma colher retire, com cuidado, as sementes. Remova toda a polpa onde ficam as sementes, formando uma cavidade que posteriormente será preenchida com o recheio. Molhe as abobrinhas e leve-as ao microondas com a concavidade voltada para cima e cozinhe por 2 minutos. Molhe novamente as abobrinhas e vire-as com a concavidade voltada para baixo e cozinhe por mais 2 minutos.
O tempo no microondas vai depender do tamanho da abobrinha e da potência do forno. Porém o importante é que apesar de cozida a abobrinha ainda esteja firme. Pois, depois de recheada ela ainda vai assar novamente. Se for necessário cozinhe a abobrinha por mais 1 minuto de cada vez até que esteja cozida, mas não mole.



Retire as abobrinhas do microondas e salpique a cavidade com sal. Espalhe com os dedos o sal no interior da cavidade para temperar a abobrinha.
Pré aqueça o forno a 180 °C.
Acomode as metades de abobrinha sobre uma assadeira grande. Preencha a cavidade com a carne moída e pressione bem. Sobre a carne moída coloque uma camada de queijo muçarela (gosto de partir as fatias de queijo e ir adicionando sobre a carne, deixando algumas frestas onde ainda é possível ver a carne). Em seguida, sobre o queijo faça uma camada de farofa temperada e sobre ela mais uma camada de queijo parmesão ralado.



Leve ao forno para assar até que o queijo esteja gratinado. Retire do forno e sirva em seguida com um fio de azeite. Acompanhe a abobrinha com arroz Basmati (essa é a combinação perfeita!!!!) e uma salada de tomate cereja em metades, pepino japonês e cenoura cortados em pequenos bastões. 
Não tem nada igual, delicioso e super saudável!

sexta-feira, 27 de março de 2015

Biscoito ninho de páscoa


Olá amigos! 
A páscoa já está chegando e eu não resisti quando vi essa ideia de biscoitos no blog Kanela y Limón. Achei esses biscoitos tão criativos que não aguentei até que os fiz. Amo ideias criativas, principalmente quando aguçam a curiosidade das crianças! 
Para todos aqueles que querem trazer algo novo e surpreendente para suas crianças nessa páscoa deixo essa dica! 


Os meus biscoitos foram feitos com cacau em pó e o recheio com chocolate meio amargo, por isso não ficaram muito doces... o que me agradou muito pois o toque doce ficou por conta dos confeitos de chocolate e amendoim utilizados para os ovos do ninho. Se quiserem deixar mais doce sugiro que utilizem chocolate ao leite para fazer o recheio... e se ainda desejarem mais doce, então podem substituir o cacau em pó por chocolate em pó.
Para os confeitos que decoram os ninhos utilizei M&M's de amendoim, aquele do pacote amarelo, pois achei que tinham o tamanho ideal para fazerem o papel de ovinhos nesses biscoitos.
Bom, vou ficando por aqui... ainda me deliciando com os últimos biscoitinhos que sobraram...
Um grande abraço e até a próxima!!!


BISCOITO NINHO DE PÁSCOA
(Receita adaptada*, Blog Kanela Y Limón)

Ingredientes:
Biscoito:
210 g de Farinha de trigo
90g de manteiga amolecida
100g de açúcar de confeiteiro
40g de cacau em pó
1 ovo (grande)
5g de fermento em pó (fermento para bolo)
Uma pitada de sal

Recheio:
100 g de chocolate meio amargo ou chocolate ao leite
60 g de creme de leite de caixinha

Decoração:
Confeitos de chocolate e amendoim (M&M's amarelo) 

Preparo:
Para preparar a massa misture todos os ingredientes secos e pesse-os pela peneira. Adicione então a manteiga e o ovo. Amasse bem até estar tudo bem incorporado e seja possível moldar uma bola. Esse processo pode ser feito a mão ou em um processador de alimentos.
Coloque a massa formada em um saco plástico e leve ao refrigerador pra descansar por pelo menos uma hora.
Depois de descansada, retire a massa da geladeira e divida em porções de 25g.
Prepare a forma, forrando-a com papel manteiga, ou utilize um Silpat.
Passe as porções de massa de 25g pelo espremedor de alho. Para essa etapa é necessário um pouco de paciência e cuidado pois cada porção de massa deve ser colocada aos poucos dentro do espremedor, porém não deve ser espremido por completo até que se coloque o último pedacinho de massa... dessa forma podemos obter fios inteiros de massa para formar o ninho.

Depois de passar toda a porção pelo espremedor devemos formar o centro do biscoito com o auxílio de uma tampa de garrafa (de água mineral ou refrigerante). Para isso coloca-se a tampa, com a parte de cima virada para baixo, sobre o monte de fios formado pelo espremedor e pressiona-se até formar um buraco no centro do biscoito (onde mais tarde se colocará o recheio). 



Leve os biscoitos para assar em forno pré-aquecido a 160°C por 15 minutos. Depois de assados retire do forno e deixe esfriar sobre uma grade.
Para preparar o recheio, leve o creme de leite ao microondas em potência média por 1 minuto ou até que esteja bem quente (pode-se aquecer o creme de leite em uma panela no fogão até que comece a levantar as primeiras bolhas, deve-se mexer com uma colher durante todo o processo para que esquente por igual e não queime). Depois de aquecido o creme de leite, adicione o chocolate sobre ele e mexa bem até que todo chocolate tenha derretido e incorporado completamente. Deixe esfriar um pouco e com o auxílio de uma colher de chá ou café, vá enchendo o interior dos biscoitos. Em seguida coloque os confeitos. Deixe descansar até que o  recheio de chocolate tenha firmado. Sirva em seguida.





Importante! Como esse recheio é feito com creme de leite, sugiro que se for guardar por alguns dias, isso seja feito em geladeira, para conservar melhor. Se for deixar guardado em temperatura ambiente, acredito que a validade não passe de dois ou três dias.

OBS:  A receita apresentada não é igual à original apresentada no blog Kanela Y Limón, teve de ser adaptada na quantidade de manteiga, tamanho das porções de cada biscoito, quantidade de creme de leite do recheio e no tipo de confeito para decoração. A adaptação foi necessária pra viabilizar a execução dos biscoitos, pois seguindo a receita original o mesmo não seria possível... Ao menos, essa foi a minha experiência! Deixo a critério de cada leitor a escolha de fazer a receita original ou a adaptada. 

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Pepino agridoce em conserva


Olá amigos!
Hoje trago uma receita que tenho feito há pelo menos dois anos. É uma conserva de pepino muito mais interessante que a conserva tradicional  pois tem um sabor agridoce. Esses pepinos rendem sanduíches fantásticos!!! Essa receita é especialmente dedicada àqueles, que assim como eu, amam o picles dos hambúrgueres americanos. Aqui em casa, e entre meus familiares essa conserva fez sucesso!!! 
Como ainda é possível encontrar pepinos para conserva nas verdureiras sugiro que vocês não percam tempo e corram para garantir vidros e mais vidros dessa conserva maravilhosa, que ao longo do ano renderão momentos de pura felicidade!!! Acreditem na "Dona Formiga" fazer estoque de coisas boas nunca é perda de tempo!!! Há como me alegra a alma só de pensar nisso... 
Bom, vou ficando por aqui! Até a próxima!!!


PEPINO AGRIDOCE EM CONSERVA

Ingredientes:

3 Kg de pepino para conserva
1 e 1/2 xícara (chá) de cebola cortada em tiras
2 dentes de alho (dentes grandes)
1/3 de xícara de sal
gelo picado


Para a calda:
2 xícaras (chá) de açúcar ou mel
1 e 1/2 colher (chá) de açafrão (cúrcuma)
1 e 1/2 colher (chá) de sementes de coentro
2 colheres (sopa) de sementes de mostarda
3 xícaras (chá) de vinagre de maçã
3 xícaras de água fervente

Preparo:
Lavar os pepinos, uma a um, com auxílio de uma escova. Cortar os pepinos em rodelas descartando as pontas. 
Colocar os pepinos cortados, os dentes de alho cortados ao meio e a cebola em tiras em uma vasilha grande e cobrir com gelo picado.



Deixar os pepinos no gelo por três horas. Drenar a água e retirar o alho.
Em uma panela grande misturar os ingredientes para a calda e aquecer até começar a ferver. Desligar o fogo e adicionar os pepinos drenados junto com a cebola na calda quente. Mexer um pouco para que todos os pepinos entrem em contato com a calda e ligar novamente o fogo e deixar cozinhar por 5 minutos SEM FERVER.  


Colocar os pepinos ainda quentes nos vidros esterilizados, tomando o cuidado de deixar dois dedos de folga da borda do vidro. 
Esse cuidado é fundamental para que os vidros não estourem no processo seguinte!
Fechar os vidros (sempre utilize tampas novas!!!).
Em uma panela funda, cheia de água coloque os vidros cobrindo-os com pelo menos dois dedos de água e coloque em fogo baixo. Quando começar a levantar as primeiras bolhas (aprox. 80 °C) desligar o fogo. Deixe esfriar um pouco para retirar os vidros da água. Colocar os vidros sobre um pano de pratos sem batê-los e deixar descansar até esfriar bem.