sábado, 4 de outubro de 2014

Espaguete com limão, alho e cogumelos



Olá amigos!!!
Essa receita que estou compartilhando hoje é a minha favorita dos últimos tempos. Descobri ela no livro da Nigella (Nigella Express) em um dia em que eu estava procurando uma opção de sobremesa e não de comida salgada. Fiquei curiosa a respeito do sabor e me programei para fazer o quanto antes. E não me enganei, é muito saborosa, daquelas de se comer "em quantidades absurdas". Sem falar que é muito simples e rápida na sua execução. Perfeita para o almoço ou jantar!!! 
Enfim, receita para ficar anotada naquele caderninho onde só ficam as melhores, para fazer sempre!!!!
Vou ficando por aqui!  Um ótimo final de semana e até a próxima!!!!


ESPAGUETE COM LIMÃO, ALHO E COGUMELOS 

Ingredientes:
225 g de cogumelos paris frescos
80 ml de azeite de oliva extra virgem
1/2 colher (chá) de sal
1 dente pequeno de alho amassado
suco e casca ralada de 1 limão siciliano
tomilho fresco
500g de massa tipo espaguete, linguini, bavete...
salsa fresca picada
3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
pimenta-do-reino moída na hora

Preparo:
Corte os cogumelos em fatias finas e coloque em uma vasilha grande com o azeite, o sal, o alho, o suco e a casca do limão e as folhas de tomilho. Reserve
Cozinhe a massa de acordo com a instrução da embalagem. Escorra, mas deixe sobrar um pouco da água do cozimento do macarrão. Rapidamente, coloque a mistura de cogumelos na panela e leve ao fogo apenas para aquecer. Volte o macarrão à panela e misture tudo. Desligue o fogo e adicione o queijo, a salsa picada e a pimenta do reino. Sirva em seguida.

Obs: No livro não diz para colocar a mistura de cogumelos na panela para aquecer. Diz para escorrer a massa e adicioná-la a mistura de cogumelos que está na tigela. Misturar tudo muito bem, adicionar os demais ingredientes e servir.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Fondant quente de chocolate e doce de leite


Olá amigos!
Hoje quero compartilhar uma receita daquelas que nos salvam nas emergências. Uma sobremesa que pode ser feita rapidinho para satisfazer e impressionar aquelas visitas de última hora ou mesmo quando nos falta tempo para fazer algo mais elaborado. A receitas é do tipo prático e rápido, mas não se enganem pois não deixa nada a desejar... Fiz na semana passada para receber minha querida cunhada e foi super aprovada!!!!
A receita eu tirei do livro "feito em casa" de Eric Lanlard, mas o Doce de leite é por minha conta. E sinceramente, não omitam o doce de leite pois senão o resultado é um doce um pouco sem graça.
Mas acreditem em mim e façam essa receita para comer acompanhada de sorvete! Tenho certeza que vocês vão gostar. É uma ótima opção para fechar com chave de ouro uma noite com amigos queridos!
Eu fico por aqui, desejando uma ótima semana a todos!!!!

FONDANT QUENTE DE CHOCOLATE E DOCE DE LEITE
(Receita adaptada)

Ingredientes:
125 g de manteiga sem sal
1 colher (sopa) de cacau em pó
125 g de chocolate meio amargo picado
80 g de açúcar
3 ovos pequenos
3 gemas pequenas
100 g de farinha de trigo peneirada.

Preparo:
Preaqueça o forno a 200° C. Unte com bastante manteiga quatro forminhas refratárias com 200 ml de capacidade e polvilhe levemente com chocolate em pó. (Eu não usei forminhas refratárias e sim forminhas de silicone para cupcakes, com metade da capacidade sugerida - 100 ml)

Derreta a manteiga e o chocolate picado em uma tigela refratária grande, em banho-maria. (Se quiser facilitar a vida, como eu, utilize o micro-ondas em em potência média (50%) por 1 minuto. Mexa e volte novamente por mais um minuto e se precisar repita essa operação até o o chocolate e a manteiga estejam derretidos).

Em uma tigela grande, bata o açúcar, os ovos, as gemas na batedeira, até obter um creme esbranquiçado.

Misture o chocolate derretido com manteiga na mistura de ovos e mexa bem. A seguir, com uma colher de inox incorpore a farinha peneirada e o cacau em pó. Divida a massa entre as forminhas. Com o auxílio de uma colher de chá o de café retire o centro da massa e preencha com um pouquinho de doce de leite ( +/- 1 colher de chá ou menos, dependendo do tamanho da forminha utilizada). Sobre o doce de leite coloque cuidadosamente aquela quantidade de massa tirada com a colher, cobrindo totalmente o doce de leite. Leve assar por 8 minutos.

Para desenformar, passe a ponta da faca nas laterais e desenforme delicadamente sobre pratos individuais. O interior deve estar amolecido e úmido, com textura aveludada. Sirva acompanhado de sorvete!


Observações de como procedi nessa receita:
  •  Não utilizei formas refratárias e sim de silicone. Como eu tinha receio fosse difícil desenformar e não queria quebrar os bolinhos untei com um pouco de manteiga as formas de silicone e quando desenformei não tive o menor problema, o bolinho saiu muito facilmente.  
  •  Como escrevi na receita a capacidade das forminhas que eu utilizei eram de aproximadamente 100ml, por isso o tempo de forno foi menor. Assei em forno preaquecido por 5 minutos. 
  • O tempo é fundamental nessa receita pois se passar do ponto você terá um bolinho e não um fondant.
  • Outra coisa, utilizei ovos grandes e por isso adicionei mais 20 g de farinha à receita.   

 

sábado, 16 de agosto de 2014

Manteiga de ervas


As vezes nós nos decepcionamos com algumas coisas em nossas vidas, com nossos fracassos, erros.... Porém nem todos os insucessos são definitivos.... Se olharmos bem, em muitas oportunidades aprendemos e crescemos com os nossos erros... Se soubermos avaliar bem, podemos tirar coisas boas em meio aos dissabores da vida... 
Vocês devem estar pensando: "Mas o que isso tem a ver com manteiga?!!". Na verdade nada, a não ser o fato de que essa manteiga de ervas é o resultado de uma "segunda olhada" em uma frustração relacionada
à uma tentativa fracassada de reproduzir uma receita televisiva...
Sabe aquelas receitas que você vê fazer na televisão e te deixa com água na boca? Que você não vê a hora de comprar os ingredientes e reproduzi-la?  Então, eu também tenho esse impulsos... e numa dessas tentativas em que eu acreditava piamente no sucesso da execução da receita, me frustrei feio. Fiquei tão decepcionada de não conseguir fazer algo que parecia tão simples... Porém a simplicidade não fazia parte desse prato...  Mas depois de muito lamentar e me indignar com a receita, com o apresentador, etc... percebi que a receita tinha sim ido por água abaixo, mas não toda... havia uma parte muito boa que poderia ser utilizada em muitas outras receitas e que renderia pratos muito saborosos... 
Essa é a história dessa manteiga. Tenho utilizados ela em diversos pratos... Gosto de utilizá-la para finalizar risotos e molhos de tomate, também para dar um toque especial em legumes refogados e em carne assada... Ela é muito versátil! Gosto também de utilizá-la para temperar as massas. Faço uma massa com tomate fresco e abobrinha italiana, sem molho, e no final uma colher de manteiga de ervas... queijo ralado e mais nada!!! Fica uma delícia!
Bom, a história foi longa mas a o preparo da manteiga é rapidíssimo!!! 
Um grande abraço a todos e até a próxima!!!!




MANTEIGA DE ERVAS

Ingredientes:
1 tablete de manteiga em temperatura ambiente (200g)
2 dentes grandes de alho
Ervas Frescas: hortelã, manjericão, tomilho e salsa
sal e pimenta do reino a gosto
suco de 1 limão (opcional)

Preparo:
Depois de higienizadas as ervas devem ser escorridas e secas em papel absorvente. Pique as ervas e os dentes de alho. Leve ao processador as ervas, o alho e a manteiga. Processe tudo muito bem. Tempere com o sal, a pimenta e o suco de limão. Depois de tudo em misturado, transfira para um recipiente que tenha tampa e leve à geladeira. 

Observações importantes: 
* Você deve se perguntar para quê picar as ervas se depois elas irão ao processador? Se você colocá-las sem picar o que vai acontecer é que os pedaços das ervas ficarão muito grandes e alguns nem vão ser picados. Por isso é importante colocar as ervas já picadas. O mesmo vale para o alho.

* Se você quiser conservar por mais tempo guarde a manteiga no congelador...

* Preste atenção na hortelã, pois há um tipo que não dá sabor nenhum, pelo contrário deixa um gosto estranho na manteiga. Então quando for comprar a hortelã, experimente uma folhinha e verifique se é saboroso e aromático, só então utilize a erva no preparo da manteiga.